segunda-feira, maio 30, 2005

Ronaldo afirma que é "Branco" !!!



Brasileiros multicoloridos

Ronaldo mal se separou de Daniela Cicarelli e já está envolvido em uma nova polêmica. Ao comentar, esta semana, o problema do racismo contra jogadores de futebol na Europa, o “Fenômeno” disse: “Acho que todos os negros sofrem. Eu, que sou branco, sofro com tamanha ignorância.”

Ele está certo ao se considerar branco? Afinal, você sabe dizer qual é a cor de Ronaldo? “Moreno”, diz um. “Pra mim ele é branco”, diz outro. “Amarelado”, arrisca uma jovem. “Marronzinho”, diz uma senhora. “Negro, completamente negro”, afirma uma jovem negra. “Sei lá, um rolo aí”, finaliza uma loira.

E que rolo. José Júnior, coordenador do grupo Afroreggae, ficou irritado com a afirmação de Ronaldo. “Foi uma fala infeliz, foi uma fala completamente equivocada. Ele como cidadão, ele até poderia falar o que ele falou. Mas ele, como formador de opinião e ídolo, ícone, ele não pode falar. Branco ele não é, nem aqui no Brasil e nem na Europa”, critica José Júnior.

Ninguém melhor para falar sobre a cor do Ronaldo do que o pai dele, Nélio Nazário. De que cor é o Ronaldo? “Ele sabe muito bem que é negro. O pai dele é negro e não tem sentido isso”, destacou Nélio. “Na verdade, na hora, eu pensei que fosse alguma filosofia, alguma coisa nesse sentido. Porque ele sabe que ele é negro”, complementou o pai de Ronaldo.

O geneticista Sérgio Pena, autor da maior pesquisa já realizada no país sobre a herança genética dos brasileiros, afirma que Ronaldo não errou ao se declarar branco.

“Ele, simplesmente, expressou a visão que ele tem de si mesmo. No Brasil, não existe nenhum critério objetivo para classificar as pessoas de acordo com a cor”, explicou Pena.

Não existe mesmo, porque, quando o assunto é cor de pele no Brasil, reina uma confusão geral. “Eu não sou preto nem sou branco. Sou moreno”, comenta um rapaz. “Eu sou branco. Estou queimado de sol, né?”, diz outro jovem. “Eu acho que sou branco, apesar que no papel, na minha certidão, está escrito pardo”, observou um segurança.

E o que consta na certidão de nascimento de Ronaldo? “Está branca, cor branca”, responde Seu Nélio.

Segundo o Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 52,1% dos brasileiros se declaram brancos, 40,5% são pardos e 5,9% se dizem pretos. Amarelos e indígenas somam 1,5% da população.

Mas o estudo comandado por Sérgio Pena mostra que a maioria das pessoas tem freqüentemente uma idéia equivocada quanto às suas raízes.

Depois de analisar a real ascendência genética de voluntários pretos, pardos e brancos, o geneticista comprovou que: “A ancestralidade materna do branco brasileiro era um terço africana, um terço ameríndia e um terço européia. A nível molecular a gente era capaz de detectar muito mais misturas do que as próprias pessoas imaginam. Um indivíduo que se considera branco, pode ser genomicamente mais africano do que um indivíduo que se considera pardo ou preto.”

Enquanto isso, a confusão continua. É importante lembrar que, para a ciência, o conceito de raça não existe. Não há diferenças significativas no nosso código genético que permitam uma separação por grupos raciais.

Ao todo o homem tem 25 mil genes. As diferenças entre um branco e um negro são de apenas uma fração de 0,005 deste total. É um número tão insignificante que não se pode dizer que existam raças. Somos todos da raça humana.

O que está biologicamente comprovado é que o Brasil é um país de mestiços. Cor de pele não significa, absolutamente, nada. Cada um que escolha a sua. Aliás, qual é a sua cor.

Ronaldo disse, através de sua assessoria, que abomina qualquer espécie de preconceito. Explicou que o que quis dizer na entrevista é que, pelo tom da pele dele ser mais claro que o de outros jogadores, não sofre problemas de racismo na Europa. Disse ainda que o pai é negro e que tem o maior orgulho de ser negro também.



Encontre essa reportagem em:
http://fantastico.globo.com/Jornalismo/Fantastico/0,,AA970044-4005,00.html




7 Comments:

Blogger yewa said...

Eu posso estar enganado, mas ele tem a minha cor. E eu sinceramente não sei de que cor sou. Já ouvi de tudo, já ouvi me chamarem de tudo. Em Angola, em Portugal, já ouvi me chamarem de tudo. Mas de facto não sei porque ele respondeu assim. Eu gosto de dizer que sou multicolorido ahahahahah Paz =)

7:03 da tarde  
Blogger TelmaTvon said...

Mas que é que isso interessa Família?Se ele acha que é branco,é branco e acabou.O que é que isso contribui para a nossa felicidade?Eu sinceramente acho que nada,mas ok,its all good in the hood.Beijos e Abraços

7:06 da tarde  
Blogger Afrikano said...

bem a minha mae me tinha dito que eles todos se acham Brancos !!! Mesmo aqueles da novela que à primeira identificamos como Brancos !

Brasil é um Pais de Mistura, de Mestiçoes !!! Por mais que queiram nunca serão Brancos Caucasianos, termo correcto !

epa isto anda grande confusao, Cabo Verdianos dizem que nao sao Africanos, querem ir na UE, Brasileiros sao tudo menos Negros, porra klker dia me dizem a mim que o MLK apanhou sol a mais e era um pastor Branco !!

aka

7:23 da tarde  
Blogger yewa said...

Ou como se dizia "tire-se" a pele fora e são todos iguais ahahahahaha Paz!

9:08 da tarde  
Blogger yewa said...

Yá Mana T, tens razão =) Paz!

9:09 da tarde  
Blogger PacKiT0 said...

Realmente reina a confusão das raças na cabeça do Ronaldo, no Brasil, mas n só por lá. O rapaz está equivocado, coitado! :P

"É importante lembrar que, para a ciência, o conceito de raça não existe."... E ponto final!

2:40 da tarde  
Blogger Bruno Da Silva said...

Sou mais que o Ronaldo cabelo Sarará

3:17 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home